Iraquiano cria fórmula própria para enigma matemático do século XVII

Copenhague, 28 mai (EFE).- Mohammed Altoumaimi, um iraquiano de 16 anos que mora na Suécia há seis, desenvolveu uma fórmula própria para resolver o enigma dos números de Bernoulli, um problema matemático do século XVII.

EFE |

Embora o problema já tenha sido resolvido anteriormente, a originalidade do trabalho de Altoumaimi e sua pouca idade assustaram as instituições suecas, e, por isso, a Universidade de Uppsala lhe ofereceu a possibilidade de fazer cursos no próximo ano, informou hoje o jornal "Falu Kuriren".

Altoumaimi, que mora em Falun, localidade de 40 mil habitantes no centro da Suécia, levou quatro meses para buscar uma fórmula que simplificasse o cálculo dos números de Bernoulli, uma sucessão de números racionais com conexões na teoria de números e denominados assim pelo matemático suíço Jakob Bernoulli (1654-1705).

"Quando apresentei a meus professores, ninguém achou que tivesse certo", disse ao jornal o jovem, que decidiu ligar para especialistas no tema da Universidade de Uppsala, que comprovaram que as formulações estavam corretas.

"Foi capaz de encontrar uma conexão por conta própria, mas o que conseguiu já se sabia e não descobriu nada que não se soubesse antes", afirmou Lars-Ake Lindahl, professor de Matemática da universidade.

Lindahl ressaltou, no entanto, que seu trabalho demonstra um "talento" incomum para a matemática e se mostrou convencido de que o jovem conseguiu a solução por si mesmo. EFE alc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG