Iraque rejeita uso de seu território para ataques na Síria

Bagdá, 28 out (EFE).- O porta-voz do Governo iraquiano, Ali Al Dabbagh, disse hoje que seu país rejeita que a Aviação americana use o território do Iraque para lançar ataques contra a vizinha Síria.

EFE |

Em comunicado divulgado em Bagdá, o porta-voz ressaltou que essa rejeição "faz parte da política e da Constituição iraquianas que não permitem que o território iraquiano seja usado para agredir países vizinhos".

Além disso, lembrou que Bagdá abriu uma investigação para esclarecer o ataque dos quatro helicópteros militares americanos no domingo contra uma localidade da Síria próxima à fronteira iraquiana, matando oito cidadãos sírios.

Dabbagh destacou que o Governo iraquiano "deseja manter os melhores laços com a Síria, mas, ao mesmo tempo, insiste que deve cessar o treino armado que algumas organizações dão a terroristas em território sírio, e que depois entram no Iraque para lançar ataques contra o povo iraquiano".

Nesse sentido, a nota pede às autoridades sírias que intensifiquem seus esforços para deter essas atividades pelo bem-estar de ambos os países.

O Parlamento iraquiano também manifestou sua condenação e preocupação pelo ataque americano à Síria e pediu ao Governo iraquiano informar a seu colega sírio do resultado da investigação para evitar que comliquem as relações bilaterais. EFE am-aj/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG