Iraque reforça presença militar na fronteira com a Síria

Bagdá, 1º nov (EFE).- Soldados do Exército e da Polícia do Iraque foram deslocados para a fronteira com a Síria com o objetivo de reforçar a segurança e impedir a entrada de combatentes estrangeiros em território iraquiano, informou hoje o Governo.

EFE |

Fontes das forças de segurança da província de Al-Anbar, no oeste do país, disseram que um grande número de veículos com soldados e policiais começou a se movimentar em direção à fronteira com a Síria.

O posicionamento de forças iraquianas foi decidido em uma reunião realizada em Al-Anbar por comandantes do Exército dos Estados Unidos e das forças de segurança do Iraque, acrescentou a fonte.

O deslocamento de tropas foi decidido depois que, em 26 de outubro, quatro helicópteros americanos procedentes do Iraque atacaram uma localidade síria próxima à fronteira, matando oito pessoas.

Fontes americanas declararam à imprensa que o ataque tinha como alvo uma rede de tráfico de armas e combatentes que atravessam a fronteira da Síria para o Iraque.

Um dia depois, autoridades iraquianas negaram que as forças americanas usam o país para lançar ataques contra nações vizinhas.

Bagdá e Washington alegam que as autoridades de Damasco não fazem o suficiente para deter a entrada de combatentes estrangeiros no Iraque. EFE am/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG