Bagdá, 21 mar (EFE).- O Ministério do Turismo do Iraque informou hoje à Agência Efe que no último dia 8 desembarcou no país o primeiro grupo de turistas ocidentais disposto a visitá-lo desde a sua invasão, em 2003.

Segundo fontes do Departamento de Informação do ministério, o grupo, composto por cinco britânicos, dois americanos e um canadense, terminará sua viagem amanhã.

Desde que chegaram ao Iraque, os turistas visitaram diferentes pontos do país, como os monumentos arqueológicos de Erbil - a capital do Curdistão iraquiano (norte) -, as antigas ruínas de Babel e os santuários xiitas de Najaf e Karbala, todos eles no sul.

Além disso, estiveram no Museu Nacional do Iraque, reaberto em fevereiro depois de ter passado seis anos fechado em virtude dos saques que sofreu durante a invasão anglo-americana.

O Ministério do Turismo destacou que a visita dos ocidentais é um indício positivo da retomada da atividade turística no país, que nos últimos anos foi praticamente inexistente.

A viagem dos turistas ocidentais coincidiu com os seis anos da invasão do Iraque por uma coalizão multinacional liderada pelos EUA, iniciada em 20 de março de 2003. EFE ah/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.