crueldade com colegas - Mundo - iG" /

Iraque: quatro soldados americanos acusados de crueldade com colegas

Quatro militares norte-americanos baseados no sul do Iraque foram acusados de crueldade e maus-tratos com seus subordinados, anunciou nesta sexta-feira o Exército norte-americano em um comunicado.

AFP |

Os quatro homens, que pertencem à divisão sul da Força Multinacional, foram informados na quarta-feira das acusações contra eles e que podem ser condenados a entre oito e 25 anos de prisão.

Os acusados são os sargentos Enoch Chatman, Bob Clements, Jarrett Taylor e o cabo Daniel Weber, que pertencem à tropa B, 2o esquadrão, 13o regimento de cavalaria do Forte Bliss, no Texas.

"Os quatro soldados são suspeitos de terem tratado de maneira inapropriada soldados da seção", indicou o comunicado.

"As acusações de crueldade e de maus-tratos são levadas a sério e vamos investigar esse incidente isolado de maneira minuciosa", declarou o general David Elicerio, adjunto do comandante da divisão sul da Força Multinacional.

Seis acusações pesam contra o sargento Chatman, sendo quatro por crueldade e maus-tratos, uma por falso testemunho oficial e outra por colocar pessoas em perigo por imprudência. Ele poderá ser condenado a dez anos de prisão, com confisco de seu soldo e perda de patente.

Nove acusações pesam contra o sargento Clements pelos mesmos motivos que seu colega, além da acusação de ter obstruído a investigação. Ele poderá ser condenado a 25 anos de prisão, com perda da patente e confisco de seu soldo.

O sargento Taylor, por sua vez, poderá ser condenado a oito anos de prisão. O comunicado não indica a pena a que poderá ser submetido o cabo Daniel Weber.

sk/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG