Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Iraque: Quatro pessoas morrem em ataques e jornalista sai ileso de atentado

Bagdá, 9 set (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e outras sete ficaram feridas em vários incidentes no Iraque, enquanto o chefe da rede de televisão por satélite árabe Al Arabiya em Bagdá saiu ileso de uma tentativa de assassinato.

EFE |

Fontes do Ministério do Interior iraquiano informaram que pelo menos um civil morreu e seis pessoas ficaram feridas, entre elas três policiais, devido à explosão de uma bomba em um restaurante no bairro de Baladiyat, no leste de Bagdá.

Além disso, um civil morreu devido aos disparos de um homem armado em um mercado no centro da cidade de Al-Kut, capital da província de Wasit, no sul do Iraque.

Em Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá, um grupo de insurgentes invadiu o gabinete do presidente de uma associação de viúvos, órfãos e deslocados do Iraque, e o mataram a tiros.

As fontes também disseram que um civil morreu devido aos disparos de homens armados que abriram fogo contra o veículo quando passava pela zona de Minawi Basha, no centro de Basra, 550 quilômetros ao sul da capital.

Além disso, outro civil ficou ferido devido à explosão de uma bomba na passagem de uma patrulha militar britânica no oeste de Basra.

Fontes policiais também disseram que o jornalista iraquiano Jawad al-Hatab, responsável da rede de televisão "Al Arabiya" no Iraque, foi alvo de um ataque com uma bomba colocada em seu carro.

A bomba explodiu antes que Hatab, que estava acompanhado de seu motorista, entrasse no veículo, que estava estacionado perto da casa do jornalista, no centro Bagdá.

Tanto o jornalista quanto o motorista saíram ilesos do ataque, que causou a destruição total do carro. EFE ah/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG