Iraque prepara nova ofensiva contra milícias no sul do país

Por Haider Al-Nasrallah AMARA, Iraque (Reuters) - O Iraque enviou unidades do exército e da polícia para a cidade de Amara, no sul do país, com o objetivo de reprimir milícias xiitas da região, de acordo com autoridades locais. A operação é parte do plano do primeiro-ministro Nuri Al-Maliki para impor a autoridade do governo em áreas iraquianas controladas anteriormente pelas milícias xiitas ou por árabes sunitas.

Reuters |

'A decisão de executar a operação foi tomada, mas o momento em que ela será iniciada ainda não foi definido', disse à Reuters Adel Al-Muhoudir, governador da província de Maysan.

Tanques iraquianos foram vistos nas principais ruas de Amara. Havia também soldados das forças de segurança do Iraque em patrulha e foram estabelecidos postos de vigilância na cidade, considerada uma fortaleza do clérigo xiita Moqtada Al-Sadr, opositor dos EUA.

Moqtada concordou com um cessar-fogo após um ataque de tropas iraquianas, amparadas por forças norte-americanas, a uma milícia do Exército Mehdi em Basra, em março.

Segundo autoridade que não quis ser identificada, a meta da operação é prender pessoas procuradas e apreender armas 'pesadas'. O ataque também teria como alvo grupos armados e alguns membros do Exército Mehdi, acrescentou.

Um porta-voz dos EUA recusou-se a fornecer detalhes a respeito da ação, argumentando que 'foi planejada e será comandada pelo Iraque'.

As tropas norte-americanas, que invadiram o Iraque em 2003, estão gradualmente transferindo às forças iraquianas a responsabilidade sobre a segurança do país.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG