Pelo menos 925 pessoas morreram e 2.605 ficaram feridas desde o início dos combates em Sadr City, grande bairro pobre da zona nordeste de Bagdá que é um reduto da milícia xiita do clérigo Moqtada al-Sadr, informou o porta-voz civil do plano de segurança da capital iraquiana, Tahsin Cheijli.

Os combates envolvem as milícias do clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr contra as tropas iraquianas e unidades militares americanas na área, que tem quase dois milhões de habitantes.

sf/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.