Iraque pede à Venezuela que reabra embaixada em Bagdá

Bagdá, 16 jun (EFE).- As autoridades iraquianas pediram hoje ao Governo venezuelano para reabrir a embaixada do país em Bagdá, que permanece fechada desde a invasão americana do Iraque, em março de 2003.

EFE |

De acordo com um comunicado oficial, o vice-ministro de Assuntos Exteriores iraquiano, Abid Abawi, que se reuniu com os diplomatas venezuelanos Roland Betancourt e Jonathan Velasco, também solicitou à Venezuela que reforce seus investimentos no país.

"A parte iraquiana disse à delegação venezuelana que o Governo iraquiano oferecerá tudo o que estiver em suas mãos para que a missão venezuelana possa realizar a missão em Bagdá", assegura a nota.

Eles também debateram a possibilidade de aumentar a cooperação em vários setores, especialmente no industrial, assim como nos investimentos e na reconstrução do Iraque.

Em agosto de 2000, Hugo Chávez viajou ao Iraque, tornando-se o primeiro chefe de Estado eleito democraticamente a visitar o país desde o embargo imposto pela comunidade internacional ao regime de Saddam Hussein em resposta pela invasão do Kuwait dez anos antes.

EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG