Iraque: Parlamentar morre em decorrência de ferimentos de ataque terrorista

Bagdá, 9 out (EFE).- Um parlamentar iraquiano do bloco liderado pelo clérigo xiita Moqtada al-Sadr morreu hoje como conseqüência dos ferimentos que sofreu na cabeça em um atentado realizado com uma moto bomba em Bagdá.

EFE |

Segundo um porta-voz do escritório de Sadr, Ahmed al-Massoudi, citado pela agência iraquiana "Aswat al-Iraq", o parlamentar morreu no hospital antes de ser operado.

No ataque contra o deputado Saleh al-Eikeli morreram também dois membros de sua escolta, enquanto outras três pessoas ficaram feridas.

Fontes da Polícia disseram que a carga explosiva foi colocada em uma moto estacionada que foi detonada durante a passagem do comboio no qual viajava Eikeli, porta-voz do grupo parlamentar sadrista, que conta com 30 cadeiras na Câmara.

Após o incidente, que aconteceu no leste de Bagdá, foram detidos 12 membros da Forças de Segurança iraquianas, informa a Polícia. EFE ah/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG