Iraque liberta líder de grupo ligado ao sequestro de britânicos

Bagdá, 5 jan (EFE).- As autoridades iraquianas libertaram Qais Jazaali, líder de uma milícia xiita supostamente ligada ao grupo que seqüestrou cinco britânicos no mês de maio de 2007 em Bagdá, informou hoje a televisão estatal Al Iraqiya.

EFE |

Por sua parte, fontes policiais disseram à Agência Efe que a organização de Jazaali, a Asaib-al-Haq (liga dos direitos), é responsável pelo rapto dos cinco britânicos, e que sua libertação pode fazer parte de um acordo para a devolução do corpo do refém que ainda está com os sequestradores.

A embaixada do Reino Unido no Iraque recusou-se a confirmar ou desmentir as informações.

Em 30 de dezembro, o consultor de informática Peter Moore, um dos cinco britânicos sequestrados, foi libertado.

O consultor foi sequestrado junto com quatro guarda-costas (três dos quais morreram) em 29 de maio de 2007 no Ministério das Finanças iraquiana, no centro de Bagdá, e se temia por sua vida, depois do destino de seus três compatriotas falecidos.

Não se sabe por enquanto a situação do quinto sequestrado, Alan McMenemy, embora o Governo britânico tema que ele possa ter morrido.

Os corpos de dois dos guardas, Jason Swindlehurst e Jason Creswell, foram entregues ao Reino Unido em junho passado, e o corpo de Alec MacLachlan em setembro. Todos foram assassinados a tiros.

A organização Asaib-al-Haq teria ligações com os Guardiães da Revolução iraniana. EFE.

ah/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG