Iraque: Filho do líder de formação sunita é detido por terrorismo

Bagdá, 20 ago (EFE).- As forças de segurança iraquianas detiveram o filho de Adnan al-Dulaimi, presidente da Frente do Consenso Iraquiano (FCI), principal bloco sunita, sob a acusação de estar envolvido em atentados, informaram hoje fontes de segurança.

EFE |

O porta-voz do plano de segurança em Bagdá, Qasem al-Musawi, disse que Muthana Adnan al-Dulaimi foi detido na terça-feira perto de sua casa no bairro de Al-Adl, no oeste de Bagdá, sob a acusação de atentar contra a casa de uma parlamentar, identificada como Shaza al-Musawi.

Dulaimi disse aos jornalistas que a detenção de seu filho, de 44 anos, ocorreu na presença de tropas americanas em frente a sua casa.

O líder da FCI condenou as acusações contra o filho, disse que Muthana tem uma loja de autopeças e que "está longe" da política.

Segundo Dulaimi, Muthana foi detido quando estava com os guarda-costas do pai, designados pessoalmente pelo próprio presidente do Iraque, Jalal Talabani, depois que os anteriores foram detidos, há oito meses.

Dulaimi considerou que os motivos da detenção de seu filho são "políticos", já que têm o objetivo de enfraquecer o FCI e prejudicar a reconciliação nacional. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG