Iraque: EUA matam sete supostos milicianos xiitas em Cidade de Sadr

Bagdá, 20 abr (EFE).- O Exército dos Estados Unidos matou sete supostos milicianos xiitas em vários ataques aéreos no bairro de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá, e apreendeu um arsenal de armas nesta mesma área, informou hoje o comando militar americano.

EFE |

Estas baixas são as primeiras anunciadas desde que o clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr ameaçou no sábado realizar uma "guerra aberta" se não parar a campanha ddas forças iraquianas e americanas contra sua milícia, principalmente no bairro de Cidade de Sadr e na cidade de Basra.

Segundo um comunicado divulgado hoje, as forças americanas lançaram um míssil na tarde do sábado contra dois supostos "criminosos" que transportavam armas, matando os dois.

Horas depois, um novo míssil Hellfire matou três supostos milicianos armados que dirigiam um caminhão por volta das 22h15 (16h15 de Brasília).

Além disso, outras duas pessoas foram mortas ontem à noite em diferentes tiroteios com as forças americanas.

Soldados do segundo Regimento de Cavalaria dos EUA também apreenderam mais de dez fuzis AK-47 e uma metralhadora, assim como uma grande quantidade de munição, em uma zona do sul da Cidade de Sadr.

"Estamos fazendo uma declaração de princípios com estas operações. Os criminosos que violarem o império da lei cometendo atos violentos ou tentando serão nossos alvos", disse o tenente-coronel americano Steve Stover no comunicado. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG