Iraque e França assinam acordo para impulsionar relações comerciais

Bagdá, 2 jul (EFE).- O primeiro-ministro francês, François Fillon, e o chefe do Governo iraquiano, Nouri al-Maliki, assinaram hoje, em Bagdá, um acordo de entendimento para impulsionar as relações comerciais bilaterais.

EFE |

Fillon, que chegou esta manhã à capital iraquiana em uma visita surpresa, disse, em entrevista coletiva conjunta com Maliki, que a França apoia a reconciliação nacional iraquiana e a recuperação de sua soberania total.

Maliki pediu às companhias francesas que participem da reconstrução do Iraque e do desenvolvimento de sua infraestrutura.

A visita de Fillon é a primeira de um alto cargo político ocidental ao país árabe após a retirada das tropas americanas das cidades, que terminou no último dia 30 e representou a transferência da segurança ao Exército iraquiano.

Esta visita ocorre quatro meses depois de o presidente francês, Nicolas Sarkozy, viajar a Bagdá onde, após constatar as melhoras em segurança, incentivou a investir no Iraque.

"Chegou o momento de investir no Iraque e de reintegrá-lo à comunidade internacional, após a melhora da situação de segurança", disse Sarkozy, em 10 de fevereiro.

Além disso, em 4 de junho, Maliki viajou a Paris para se reunir com Sarkozy, em um encontro que serviu também para reforçar as relações entre os dois países. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG