Iraque diz que não se opõe a retirada antecipada dos EUA

Bagdá, 21 jan (EFE).- O porta-voz do Governo iraquiano, Ali al-Dabbagh, confirmou hoje que seu país não se opõe a qualquer retirada das tropas americanas do Iraque antes do fim de 2011, data estabelecida pelo acordo de segurança assinado com os Estados Unidos.

EFE |

Segundo a emissora de TV independente "Al-Sharqiya", Dabbagh afirmou que o Governo iraquiano "não vê nenhum inconveniente" em aceitar os planos do presidente americano, Barack Obama, que prometeu ontem em seu discurso de posse "deixar o Iraque de maneira responsável".

O porta-voz governamental assegurou ainda que seu Gabinete não se opõe a uma "retirada antecipada" das tropas americanas do Iraque.

O diário governamental "Al-Sabah" informou hoje que as autoridades iraquianas criaram um "plano de contingência", caso aconteça uma inesperada retirada dos soldados dos EUA.

Durante sua campanha eleitoral, Obama defendeu uma retirada das forças de seu país do Iraque em um prazo de 16 meses. EFE sy/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG