Al Arabiya - Mundo - iG" /

Iraque detém assassino de jornalista da Al Arabiya

Bagdá, 4 ago (EFE).- O Governo do Iraque anunciou hoje a detenção do assassino da jornalista da Al Arabiya Atwar Bahjat, estuprada e assassinada em fevereiro de 2006, disse hoje o general Qassem Atta, chefe de operações de segurança em Bagdá.

EFE |

Em entrevista coletiva na capital iraquiana, o oficial anunciou a captura de Yasser Mohammed Hamad Al Taji e seus irmãos Mahmoud e Gazuan, também envolvidos no crime. A prisão ocorreu no sul da cidade.

Atta mostrou fragmentos da confissão do principal acusado, em que ele admite e descreve detalhadamente como aconteceu o assassinato da jornalista. Também foram mortos o câmera e o técnico de som que estavam com ela.

"Detivemos o carro dos jornalistas em uma estrada perto da cidade de Samarra (120 quilômetros ao norte de Bagdá) e pedimos seus documentos de identificação. Dissemos a eles que descessem do carro e a levei a 800 metros do carro", declarou o assassino.

Os irmãos se encarregaram de matar os acompanhantes dela enquanto Al Taji consumava o estupro. Depois, ele a matou com três tiros.

A equipe de televisão vinha de cobrir o atentado que destruiu o santuário xiita de Samarra em fevereiro de 2006, estopim para o confronto sectário entre as comunidades xiita e sunita do país durante os dois anos seguintes.

Atwar Bahjat nasceu em 1976 em Bagdá e formou-se em Literatura árabe em sua cidade, trabalhou na rede de televisão "Al Jazira", com sede em Dubai, e depois na "Al Arabiya". EFE.

am/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG