O ministro iraquiano da Defesa, Abdel Qader Mohamed Jasem, confirmou nesta quarta-feira a intenção de seu país de comprar caças F-16 dos Estados Unidos.

"Este avião pode melhorar a capacidade do exército iraquiano para proteger todo o território, inclusive o Curdistão, de agressões estrangeiras", declarou Jassem em entrevista à imprensa em Bagdá.

O ministro não disse quantos caças o governo pretende comprar.

As três províncias do Curdistão iraquiano fazem parte do Iraque, mas têm poderes autônomos muito amplos.

Sexta-feira o jornal americano Wall Street Journal informou, citando militares americanos, que o Iraque queria comprar 36 caças F-16 dos Estados Unidos.

Esta compra ajudaria Bagdá a reduzir sua dependência com relação à força aérea americana, ao mesmo tempo que abre o caminho para a retirada de mais tropas estrangeiras, segundo o Wall Street Journal.

O F-16 é um dos aviões de combate mais temidos do mundo há três décadas.

ak-kat/lm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.