Iraque captura líder insurgente ligado à Al-Qaeda

O primeiro-ministro do Iraque, Nouri Maliki, afirmou que Abu Omar al-Baghdadi, preso em Bagdá na semana passada, é uma figura importante na insurgência ligada à Al-Qaeda. Maliki disse à BBC que Baghdadi vinha sendo vigiado há dois meses pelos serviços de segurança iraquianos.

BBC Brasil |

A prisão dele foi informada na quinta-feira, mas as informações não foram confirmadas.

Baghdadi seria um pseudônimo para uma figura obscura que seria líder do grupo Estado Islâmico no Iraque, um grupo que abriga várias facções radicais sunitas e que é afiliado da Al-Qaeda no Iraque.

Em uma entrevista exclusiva ao correspondente da BBC em Bagdá Jim Muir, Nouri Maliki revelou que uma operação secreta totalmente iraquiana seguiu os movimentos de Baghdadi dentro do país.

"Ele foi preso porque nós obtivemos a informação de um homem que estava presente quando ele substituiu Zarqawi (Abu Musab al-Zarqawi, líder da Al-Qaeda no Iraque, morto em 2006). Ele o enfrentou e o identificou para nós. Então, pelas provas e fatos que confirmamos, é ele, definitivamente", afirmou.

Maliki afirmou que Baghdadi estava sendo interrogado e os resultados do interrogatórios serão divulgados.

Nome verdadeiro

De acordo com Jim Muir, Baghdadi é uma figura tão obscura da insurgência que alguns comandantes militares americanos até duvidavam de sua existência.

Autoridades iraquianas afirmam que Baghdadi seria um pseudônimo para Ahmad al-Mjamei, mas o detido também é conhecido por outros nomes.

Muir acrescenta que a captura ou morte de outros líderes da insurgência ligada à Al-Qaeda do da própria Al-Qaeda não fez muita diferença na insurgência iraquiana.

A prisão de Baghdadi na quinta-feira ocorreu em meio à retomada da violência no Iraque.

Cerca de 150 pessoas foram mortas em apenas dois dias na semana passada, o que trouxe de volta o temor da volta aos dias mais violentos da invasão liderada pelos Estados Unidos no país.

Neste domingo uma mulher foi morta a tiros durante uma operação de busca dos estados Unidos em uma casa no sul do Iraque, em Kut. Outras cinco pessoas foram presas.

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG