morte a Mousavi em comícios - Mundo - iG" /

Iranianos linha-dura gritam morte a Mousavi em comícios

Por Fredrik Dahl TEERÃ (Reuters) - Simpatizantes do governo iraniano fizeram manifestações por todo o Irã na sexta-feira em protesto contra um insulto da oposição feito ao fundador da República Islâmica, com alguns deles clamando pela execução do líder pró-reforma Mirhossein Mousavi.

Reuters |

É a primeira vez que tal pedido é feito durante um evento patrocinado pelo Estado, assinalando uma pressão maior sobre a oposição moderada, que continua a contestar a eleição presidencial de junho.

"Mousavi, este é nosso último aviso. Os líderes da sedição devem ser executados", gritavam as pessoas num comício em Teerã.

Mas não houve notícias de confrontos como os registrados nos eventos anteriores organizados pelo governo, quando os simpatizantes de Mousavi também tomaram as ruas numa tentativa de reviver a oposição ao presidente linha-dura Mahmoud Ahmadinejad.

Sites reformistas pediram aos manifestantes de oposição que ficassem longe dos comícios de sexta-feira, que ocorreram sob forte presença policial.

A contestada reeleição de Ahmadinejad lançou o Irã numa agitação política e expôs profundas divisões no establishment. A tensão aumentou este mês, quando estudantes pró-oposição entraram em confronto com forças de segurança armados com cassetetes e gás lacrimogêneo, no maior protesto contra o governo dos últimos meses.

As autoridades iranianas acusaram a oposição de insultar a memória do líder revolucionário, o aiatolá Ruhollah Khomeini, ao rasgar sua foto durante manifestações em 7 de dezembro.

A oposição negou envolvimento no episódio.

"Mousavi deve ser executado... morte a Mousavi!", gritavam manifestantes no comício pró-governo em Teerã.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG