Irã sugere que aceitará convite à cúpula sobre Afeganistão

Teerã, 11 mar (EFE).- O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do Irã, Hassan Qashqavi, deu a entender hoje que seu país aceitará o convite feito pelos Estados Unidos para participar da cúpula internacional sobre o Afeganistão.

EFE |

Em declarações divulgadas pela televisão nacional iraniana, Qashqavi disse que o Irã "quer ajudar a levar a paz e a estabilidade ao Afeganistão".

"O Afeganistão e o Irã compartilham uma longa fronteira, portanto, é natural que a segurança afegã seja uma prioridade para nós", disse Qashqavi.

"Responsáveis iranianos já desempenharam um papel construtivo nas cúpulas internacionais prévias sobre o Afeganistão realizadas em Tóquio e em Bonn", acrescentou.

No último dia 6, durante uma visita oficial a Bruxelas, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, revelou o desejo de seu país de convidar o Irã à cúpula, que será realizada dias antes da reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O convite foi feito como o primeiro passo na nova doutrina que a Casa Branca quer aplicar de aproximação ao Irã.

Logo após assumir o cargo, o presidente americano, Barack Obama, se mostrou disposto a dialogar com o regime dos aiatolás, com o qual Washington rompeu laços diplomáticos em abril de 1980. EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG