O sobrinho do líder da oposição Mir Hossein Moussavi foi morto por terroristas num incidente sem relação com as manifestações de protesto de domingo, anunciou nesta terça-feira a polícia iraniana.

"Seyyed Ali Moussavi, que não estava presente nos tumultos de rua, foi morto por arma de fogo numa rua adjacente, domingo, por volta do meio-dia, por pessoas que estavam num veículo", declarou a polícia em comunicado publicado pela imprensa iraniana.

"Ele foi levado tardiamente ao hospital, fazendo com que perdesse muito sangue. Uma investigação está sendo realizada para identificar os terroristas responsáveis", diz a nota.

fpn/ev/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.