Irã reabre principal passagem fronteiriça com norte iraquiano

Teerã, 26 mai (EFE).- O Irã reabriu hoje a principal passagem fronteiriça com o norte do Iraque, um mês depois de ser fechada devido a um duplo atentado em território iraquiano que matou mais de 60 peregrinos iranianos.

EFE |

"As caravanas de peregrinos poderão voltar a atravessar sem problemas para o Iraque de Khosravi, mas não farão parada alguma até chegar a Kazimiya, bairro do norte de Bagdá", anunciou hoje o governador da província iraniana de Kermanshah, Bahram Teimouri.

A passagem de Khosravi liga a citada província iraniana com a região iraquiana de Diyala, um dos principais redutos da insurgência e de grupos terroristas sunitas que atuam no norte de Bagdá desde a queda, em abril de 2003, do regime de Saddam Hussein.

Em 24 de abril, um duplo atentado com foguetes matou mais de 60 pessoas - entre elas dez peregrinos iranianos - no bairro de Kazimiya, que possui um dos principais santuários xiitas.

Quatro dias depois, 53 peregrinos iranianos morreram em um atentado suicida cometido contra uma cafeteria situada nos arredores de Muqdadiya, localidade da província de Diyala. EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG