Irã produziu nova geração de centrífugas-chefe de setor nuclear

Por Reza Derakhsi TERRÃ (Reuters) - O Irã construiu uma nova geração de centrífugas para enriquecimento de urânio que estão sendo testadas, disse nesta terça-feira o novo chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi.

Reuters |

"Cientistas iranianos fabricaram uma nova geração de centrífugas que atualmente estão em testes necessários", disse o chefe em uma entrevista à imprensa, segundo a agência de notícias oficial Irna.

"Cadeias de 10 centrífugas estão agora em teste", afirmou Salehi, acrescentando que o número em cada cadeia "será gradualmente aumentado".

Salehi não disse quando o novo modelo de centrífuga será introduzido nas linhas de produção na planta de enriquecimento Natanz, mas afirmou que são mais fortes e velozes do que as em operação atualmente.

O Irã afirma que seu enriquecimento de urânio tem como objetivo apenas a geração de eletricidade para fins pacíficos e que está comprometido com as salva-guardas de não- proliferação nuclear determinadas por inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Os Estados Unidos e outros países do Ocidente suspeitam que o Irã tenha um projeto secreto de construir uma bomba atômica com urânio enriquecido, algo que a República Islâmica nega com veemência.

Um alto diplomata ligado à AIEA disse que não há grandes novidades no anúncio de Salehi. A AIEA já havia afirmado em relatório que o Irã estava testando modelos avançados de centrífugas há mais de dois anos, mas que não havia sinais de que seriam introduzidas nas linhas de produção.

Um documento de 28 de agosto da AIEA disse que o Irã tinha reduzido o número do modelo antigo P-1 das centrífugas para enriquecimento de urânio. De acordo com diplomatas, a medida aparentemente teria relação com a necessidade de reparos.

Mas o relatório disse que o Irã havia aumentando o número de centrífugas instaladas para mais de 8.330, apesar de nem todas estarem em funcionamento.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG