NOVA YORK (Reuters) - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta terça-feira que seu país pode resistir às sanções e à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados contra o programa nuclear de Teerã.

"Sanções não podem parar a nação iraniana. A nação iraniana é capaz de resistir à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados", afirmou Ahmadinejad em entrevista coletiva.

" /

NOVA YORK (Reuters) - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta terça-feira que seu país pode resistir às sanções e à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados contra o programa nuclear de Teerã.

"Sanções não podem parar a nação iraniana. A nação iraniana é capaz de resistir à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados", afirmou Ahmadinejad em entrevista coletiva.

" /

Irã pode resistir a sanções e pressão, diz Ahmadinejad

NOVA YORK (Reuters) - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta terça-feira que seu país pode resistir às sanções e à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados contra o programa nuclear de Teerã.

"Sanções não podem parar a nação iraniana. A nação iraniana é capaz de resistir à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados", afirmou Ahmadinejad em entrevista coletiva.

Reuters |

NOVA YORK (Reuters) - O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta terça-feira que seu país pode resistir às sanções e à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados contra o programa nuclear de Teerã.

"Sanções não podem parar a nação iraniana. A nação iraniana é capaz de resistir à pressão dos Estados Unidos e de seus aliados", afirmou Ahmadinejad em entrevista coletiva.

"Não consideramos as sanções bem-vindas, mas também não temos medo delas."

O líder iraniano disse ainda que seu país não vai desistir do Tratado de Não-Proliferação nuclear, como fez a Coreia do Norte.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG