Irã pede mecanismo adequado para troca de combustível nuclear

Teerã, 27 abr (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, enfatizou hoje a necessidade de se planejar um mecanismo adequado para implementar em um futuro próximo o plano de troca de combustível nuclear com o regime de Teerã.

EFE |

Teerã, 27 abr (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, enfatizou hoje a necessidade de se planejar um mecanismo adequado para implementar em um futuro próximo o plano de troca de combustível nuclear com o regime de Teerã. O chefe da diplomacia iraniana fez esta declaração durante entrevista coletiva conjunta ao ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, que se encontra em Teerã para preparar a visita oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Irã, prevista para 15 de maio. "Durante os dois últimos dias, tivemos boas reuniões, nas quais discutimos o assunto da troca de combustível nuclear", disse Mottaki. No entanto, ele acrescentou que a reunião mais importante será celebrada nesta tarde entre Amorim e o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. Mottaki defendeu também a ampliação dos intercâmbios comerciais entre Irã e Brasil até cinco vezes mais em relação aos atuais. Segundo ele, "foram colocados os trilhos e o trem das relações corre de forma acelerada a favor dos interesses dos dois países". "Existem boas potencialidades em questões de comércio, na realização de projetos, assim como em investimentos", acrescentou Mottaki. Para ele, o assunto é "muito importante" ao Brasil tanto na própria região (América do Sul) como no cenário internacional. "Vemos um horizonte realista nas relações bilaterais e nos esforçaremos a favor do fortalecimento deste horizonte que beneficiaria tanto os dois povos quanto aos demais povos da região e do mundo", complementou. EFE msh/sa
    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG