Teerã, 9 mar (EFE).- O Irã deseja uma maior cooperação da União Europeia (UE) na luta contra o tráfico de drogas, afirmou hoje o ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki.

"As Forças de Segurança iranianas estão fazendo grandes sacrifícios na luta contra o narcotráfico", disse Mottaki em um encontro com o diretor-geral de Assuntos Europeus do Ministério de Assuntos Exteriores português, Nuno de Brito, que visita Teerã.

"Mas infelizmente, não recebemos nem a cooperação nem o apoio satisfatório de parte da UE,", criticou Mottaki, citado pela emissora local "PressTV".

A fronteira sudeste do Irã, que faz limite com o Afeganistão, é uma das principais rotas de venda ilegal de opiáceos, colhidos nos campos de papoulas cultivados pelos senhores da guerra em território afegão.

Somente este ano, mais de 10 iranianos morreram nas mais de 1.900 operações contra o tráfico que, segundo o regime de Teerã.

Grande parte da droga atravessa as montanhas do Irã e entra na Europa através da fronteira com a Turquia. EFE jm/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.