ambições israelenses - Mundo - iG" /

Irã pede a EUA que se afastem de ambições israelenses

Teerã, 18 mai (EFE).- O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do Irã, Hassan Qashghavi, pediu aos Estados Unidos que prestem atenção a seus próprios problemas e que não se deixem levar pelas ambições de Israel.

EFE |

O funcionário iraniano respondia, desta forma, a uma pergunta sobre declarações recentes do presidente americano, Barack Obama, que disse que a opção de uma solução militar ao conflito com o Irã "não foi descartada".

Segundo Qashghavi, a visita do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, à Casa Branca não é mais que uma tentativa de transferir a outros países os problemas internos que tem com Israel e seu conflito com os árabes.

"Por isso, é muito importante que as autoridades americanas prestem atenção aos problemas do país e estejam atentas para que o regime sionista não os envolva em seus problemas", assegurou o porta-voz, citado pela imprensa local.

Antes da chegada de Netanyahu a Washington, o vice-ministro das Relações Exteriores israelense, Daniel Ayalon, afirmou que Israel quer que os Estados Unidos e a União Europeia (UE) reforcem as sanções contra o Irã, país que estaria "muito fraco", de acordo com o Estado judeu.

Sobre o programa nuclear iraniano, o porta-voz da diplomacia iraniana insistiu em que o único país com armas atômicas no Oriente Médio é Israel.

"O desarmamento nuclear é uma questão global, e não é possível esquecer Israel quando todo o tempo se fala da ameaça iraniana. É um erro", afirmou.

Qasghavi se referiu mais uma vez às tentativas de reconciliação com o Irã feitas pelo presidente americano.

"Consideramos esta aproximação realista, mas ainda esperamos para ver como acontecerá na prática. O Irã acredita que Obama deve ter a oportunidade de mudar", ressaltou. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG