Irã nunca aceitará suspensão do enriquecimento de urânio

O representante do Irã na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Ali Asghar Soltanieh, afirmou que o país jamais aceitará suspender o programa de enriquecimento de urânio, como exigem as grandes potências.

AFP |

"Os Estados Unidos e seus aliados querem obrigar o Irã de forma ilegal a suspender o enriquecimento de urânio, mas o Irã não se submeterá jamais a tal ato ilegal", afirmou em um discurso na terça-feira na Faculdade de Estudos Orientais e Africanos de Londres, reproduzido nesta quarta-feira pela agência de notícias Irna.

"O objetivo dos americanos é empurrar o Irã para fora da AIEA e do Tratado de Não Proliferação (TNP), mas o Irã não cederá nem abandonará a AIEA ou o TNP, nem suspenderá o enriquecimento de urânio", completou.

A comunidade internacional teme que o urânio enriquecido alimente um programa de fabricação de armas nucleares. Teerã afirma que seu programa nuclear tem fins pacíficos.

sgh/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG