Irã nega planos para atacar embaixada de Israel no Azerbaijão

Teerã, 1 jun (EFE).- Um responsável iraniano qualificou de falsas notícias recentes publicadas na imprensa americana que afirmavam que o Irã, em colaboração com o grupo xiita libanês Hisbolá, planejava cometer um atentado contra a embaixada de Israel no Azerbaijão.

EFE |

Em entrevista à agência de notícias "Isna", a fonte, que não foi identificada, ressaltou que se trata de "uma invenção carente de fundamento" e que Teerã jamais criaria esse problema a Baku.

Dias atrás, o jornal americano "Los Angeles Times" afirmou que, em 2008, a Polícia azerbaijana deteve dois membros de Hisbolá que tentavam conseguir três ou quatro automóveis par transformá-los em carro-bomba e cometer atentados contra a embaixada de Israel.

A publicação, que citava fontes de segurança, informou que a ação seria uma vingança pela morte do ex-chefe militar do grupo, Imad Mugniyah, assassinado pelos serviços secretos israelenses. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG