Irã não descarta encontro entre Obama e Khatami

Teerã, 6 abr (EFE).- O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Irã, Hassan Qashqavi, considerou hoje improvável um encontro em Istambul entre o ex-presidente iraniano Mohamad Khatami e o atual governante americano, Barack Obama, embora não o descarte.

EFE |

Em sua entrevista coletiva semanal, ele assinalou que é "altamente improvável", mas não negou os boatos levantados pela imprensas do Irã e da Turquia sobre uma eventual saudação entre eles durante a reunião da Aliança de Civilizações.

"A embaixada do Irã emitiu um relatório no qual assegura que isso não faz parte da agenda de Khatami, mas devemos esperar e ver", afirmou.

Embora o ex-presidente não tenha nenhum cargo no Governo iraniano atual, a oportunidade de um encontro com Obama, que sugeriu uma aproximação com o Irã, semelhante à que houve -e fracassou- durante o mandato de Khatami (1997-2005), levantou expectativas de toda a classe política reunida em Istambul.

Washington e Teerã romperam seus laços diplomáticos em abril de 1980, após partidários da revolução islâmica cercarem a embaixada americana em Teerã, mantendo 52 funcionários americanos como reféns, durante 444 dias. EFE jm/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG