Teerã, 21 jun (EFE).- As autoridades iranianas decidiram hoje expulsar o correspondente da BBC John Leyne, que tem 24 horas para deixar o país, informou a agência de notícias iraniana Fars.

O jornalista da rede britânica foi acusado de dar "informações falsas", "não manter a objetividade" e apoiar os distúrbios no Irã com suas reportagens. EFE msv/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.