Irã exige de Israel retirada total da Faixa de Gaza

Teerã, 18 jan (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores do Irã, Manouchehr Motakki, exigiu hoje a retirada total das tropas israelenses da Faixa de Gaza, por considerar insuficiente o cessar-fogo unilateral declarado por Israel.

EFE |

"É essencial que as forças sionistas se retirem completamente das zonas ocupadas. Uma mera interrupção dos ataques por terra, mar e ar não é suficiente para pôr fim aos combates", disse Motakki em declarações veiculadas pela rede de TV iraniana "PressTV".

Nesta madrugada (noite de sábado no Brasil), Israel declarou um cessar-fogo unilateral, que rompeu seis horas depois quando lançar um ataque aéreo contra uma série de edifícios vizinhos ao campo de refugiados de Jabalya.

Segundo um porta-voz do Exército israelense, helicópteros abriram fogo esta manhã em resposta "a uma provocação" de um grupo de milicianos que teria disparado contra as tropas.

O chefe da diplomacia iraniana também disse que a decisão israelense de deter os ataques é "uma prova a mais do fracasso dos objetivos sionistas" e outra mostra de que "a vitória está no lado do povo palestino".

Na opinião de Motakki, só a abertura das passagens fronteiriças e a retirada definitiva das tropas israelenses "podem asfaltar o caminho e permitir o fim das hostilidades". EFE jm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG