Teerã, 26 jul (EFE)-. A Promotoria de Teerã, a capital iraniana, anunciou que 30 pessoas serão executadas amanhã, por narcotráfico e outros crimes, segundo o jornal local Aftab-e Yazd.

A publicação, de tendência reformista, disse que entre os condenados à morte há pessoas que cometeram assassinatos, roubos, fornicação e atentados contra a ordem pública.

Os processados serão enforcados em Teerã, informou o jornal, que não disse se os condenados serão executados em uma prisão ou em algum lugar aberto ao público.

A República Islâmica do Irã pune com pena capital mais de 100 crimes, entre eles o homicídio, a prática de relações homossexuais, o tráfico de drogas, a blasfêmia, as relações sexuais fora do casamento e, em alguns casos, o consumo de bebidas alcoólicas.

Além disso, o Parlamento iraniano aprovou recentemente um projeto de lei que dá amplos poderes aos juízes para condenarem à morte pessoas que participarem ou promoverem atividades contra a ordem pública. EFE msh/fh/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.