Irã estuda diminuir nível de relações diplomáticas com R.Unido

Teerã, 24 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, confirmou hoje a expulsão de dois diplomatas britânicos e deu a entender que seu país planeja diminuir o status das relações com Londres.

EFE |

Em coletiva de imprensa, o chefe da diplomacia iraniana explicou que a razão para a saída dos dois secretários da embaixada britânica é "a interferência" do Reino Unido nos assuntos internos do Irã.

"O Ministério revelará em breve os nomes dos dois diplomatas, que são secretários da embaixada britânica em Teerã", afirmou.

Mottaki, que é citado pela agência de notícias local "Isna", não descartou a possibilidade que seu país rebaixe o nível dos laços com Londres.

"É um assunto que neste momento está sendo estudado", disse em resposta a uma pergunta a respeito.

O Governo britânico disse que "tomou nota" da decisão iraniana de considerar reduzir os vínculos diplomáticos, como assinalou hoje um porta-voz oficial de Downing Street.

"Acompanhamos a situação. Tomamos nota dessas informações. Sempre fomos claros que buscamos uma relação bilateral construtiva com o Irã baseada no respeito mútuo", explicou o porta-voz da residência oficial do primeiro-ministro, Gordon Brown.

Irã e Reino Unido romperam relações diplomáticas em 1980, embora tenham retomado em 1989, após a morte do fundador da República islâmica, aiatolá Ruhollah Khomeini.

O Irã é palco de grandes protestos e enfrentamentos desde que em 13 de junho foram conhecidos os resultados das eleições presidenciais, que a oposição denunciou como fraudulentos. EFE jm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG