Irã e questão nuclear centrarão viagem de Obama a Europa e África

Washington, 1 jul (EFE).- A situação no Irã e a proliferação nuclear serão dois dos assuntos que dominarão as conversas do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante a viagem que fará à Rússia, à Cúpula do Grupo dos Oito (G8, que reúne os sete países mais desenvolvidos do mundo e a Rússia) e a Gana, afirmou hoje a Casa Branca.

EFE |

Em coletiva de imprensa sobre a reunião, o conselheiro-adjunto de segurança nuclear da Casa Branca, Denis McDonough, afirmou que o Irã "será uma questão central em cada etapa".

Assim ele se referiu à recente declaração dos ministros de Assuntos Exteriores do G8 em que se expressava preocupação com os eventos no Irã, após as eleições em que o presidente Mahmoud Ahmadinejad se declarou vencedor apesar dos protestos da oposição.

McDonough assegurou que Obama está "muito contente com o papel que a Rússia teve nessa declaração".

O presidente americano partirá para Moscou no próximo domingo, onde chegará na segunda-feira para tratar com o chefe de Estado russo, Dmitri Medvedev, sobre o pacto para a redução de armamento nuclear que ambos acordaram definir ainda antes do fim do ano.

Obama também deve se reunir com o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin.

No dia 8, o presidente americano irá à Itália, onde em Roma manterá uma série de reuniões com as autoridades do país antes de viajar para L'Aquila, cidade que receberá a reunião do G8.

A Cúpula do G8 terminará na sexta-feira, e após isso Obama irá para Roma para uma audiência com o papa Bento XVI, antes de ir a Gana, última etapa de sua viagem.

Em Gana, sua primeira visita à África Subsaariana como presidente, Obama deve se reunir com o líder John Atta Mills e dar um discurso sobre democracia e desenvolvimento perante o Parlamento.

EFE mv/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG