Irã diz ter mais espaço para decisões com novo Governo dos EUA

Teerã, 13 mai (EFE).- O ministro das Relações Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, assegurou hoje que o pragmatismo da nova Administração dos Estados Unidos permitirá que o Irã tenha maior margem de manobra.

EFE |

Em entrevista após uma reunião de gabinete, o chefe da diplomacia iraniana insistiu em que a visão do país sobre a negociação com os EUA "se sustenta nas realidades e nossas decisões estarão relacionadas com as ações" americanas.

"O pragmatismo demonstrado pela nova Administração americana nos concede espaço suficiente para tomar decisões", afirmou.

Sobre isso, Mottaki não quis responder à pergunta sobre se a libertação da jornalista americana Roxana Saberi, acusada de fazer espionagem para os Estados Unidos e condenada em primeira instância a oito anos de prisão, é um primeiro passo nesta aproximação.

"Não podemos aplacar outros, mas podemos dizer que nossa posição sempre foi transparente", respondeu.

O chanceler iraniano também se referiu às tensas relações do Irã com o Reino Unido.

"Temos divergências de opinião em muitos assuntos, mas nossa relação é normal e não temos problemas específicos", afirmou Mottaki.

Nos últimos meses, o Irã manteve uma série de conflitos com o British Council e com a transmissão em persa da "BBC", aos quais acusa de ingerência nos assuntos internos do país.

Mottaki lembrou que o Irã prepara uma nova proposta para o grupo com o qual debate o polêmico programa nuclear iraniano, e que ela será apresentada "assim que estiver concluída".

Esse grupo, integrado pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais Alemanha, acusa o Irã de ocultar, sob seu programa nuclear civil, um projeto paralelo para a aquisição de um arsenal atômico. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG