Irã diz que responderá caso suas instalações atômicas sejam atacadas

Teerã, 8 jul (EFE).- O regime iraniano ameaçou hoje queimar Israel e as unidades navais americanas no Golfo Pérsico, caso suas instalações atômicas sejam atacadas pelo Estado judeu ou pelos Estados Unidos, informou a televisão iraniana Alalam.

EFE |

Esta nova ameaça foi feita por Ali Shirazi, representante do líder supremo, Ali Khamenei, perante o corpo militar dos Guardiões da Revolução, ou Pasdaran, enquanto o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, assegurou hoje mesmo na Malásia que Teerã prefere o diálogo, e descartou uma guerra pelo programa nuclear de seu país.

"Os inimigos tentam frear o desenvolvimento e as capacidades da República Islâmica que está agora em seus melhores momentos do ponto de vista da preparação e do respaldo popular", disse Shirazi em reunião com altos oficiais do Pasdaran.

"Nestas circunstâncias, os inimigos serão queimados pelo fogo de qualquer agressão possível contra os territórios iranianos", destacou.

Também advertiu que "os inimigos não podem aterrorizar o Irã através de ameaças, já que o Irã agora é uma potência desenvolvida que ninguém pode ignorar".

Shirazi fez estas declarações um dia depois que unidades aéreas e navais dos Guardiões da Revolução começassem manobras militares no Golfo, em que os soldados da poderosa força ensaiam exercícios com diferentes tipos de mísseis. EFE fá/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG