Irã diz que pedido de diálogo dos EUA significa fracasso do capitalismo

O porta-voz do governo iraniano, Gholamhossein Elham, declarou neste sábado que a vontade do presidente americano, Barack Obama, de dialogar com o Irã, mostra o fracasso do pensamento capitalista e dos Estados Unidos.

AFP |

"Esta demanda de diálogo é o sinal do fracasso do pensamento capitalista e do regime de dominação" americano, afirmou Elham, citado pela agência Mehr.

Obama prometeu promover a opção do diálogo com a República Islâmica, rompendo assim com a política praticada por seu predecessor, George W. Bush.

Para Elham, "o diálogo é secundário, e a questão principal é que não há outra escolha no mundo que a mudança" para os Estados Unidos.

Os dirigentes iranianos multiplicaram nos últimos dias as declarações pedindo a Obama "uma verdadeira mudança" na política americana.

O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, pediu a retirada das tropas americanas de todas as regiões do mundo, o fim do apoio dos Estados Unidos a Israel e desculpas pelos "crimes" cometidos pelos americanos contra o Irã nos últimos 60 anos.

sgh/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG