Irã diz que notificará AIEA sobre acordo

Governo afirma que agência nuclear da ONU receberá, na segunda-feira, detalhes sobre documento mediado por Brasil e Turquia

iG São Paulo |

O governo do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, informou que vai enviar na segunda-feira as explicações sobre o acordo a respeito da troca de urânio para a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). A decisão foi informada nesta sexta-feira pelo Supremo Conselho de Segurança Nacional do Irã à agência oficial Irna.

O comunicado do conselho diz que "após o Irã, a Turquia e o Brasil firmarem declaração conjunta, o representante permanente da República Islâmica do Irã na Aiea anunciou oficialmente sua disponibilidade para apresentar a carta de nosso país ao chefe da agência [Yukiya Amano]”.

Segundo informações do conselho, representantes dos governos do Brasil e da Turquia estarão presentes no momento em que a carta for entregue ao comando da AIEA.

Na segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Ahmadinejad, além do primeiro-ministro da Turquia, Tyyiq Erdogan, negociaram em Teerã um acordo determina que o Irã envie 1,2 mil quilos de urânio enriquecido a 3,5% para ser depositado na Turquia. Em troca, no prazo de até um ano, receberá 120 quilos de urânio enriquecido a 20%.

O sexto item do acordo determina que todos os detalhes deveriam ser transmitidos à agência em um prazo de uma semana depois de firmado o documento, que foi fechado no dia 17. A expectativa dos negociadores brasileiros e turcos é que esta iniciativa evite a pressão internacional pela adoção de sanções econômicas contra o Irã, projeto defendido pelos Estados Unidos e outras potências.

Os norte-americanos e grande parte da comunidade internacional acusam o Irã de usar seu programa nuclear para esconder a produção de armas atômicas, o que o país nega.

Com Agência Brasil e AFP

    Leia tudo sobre: irãbrasilturquiaquestão nuclear

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG