Irã disse que libertará 8º dos nove detidos, segundo Miliband

Londres, 5 jul (EFE).- As autoridades iranianas disseram que porão hoje em liberdade o oitavo dos nove funcionários locais da embaixada britânica em Teerã detidos no fim de semana passado, segundo revelou hoje o ministro de Exteriores do Reino Unido, David Miliband.

EFE |

"Falei ontem à noite com nosso embaixador e a boa notícia é que o ministro de Exteriores adjunto lhe disse que hoje soltariam o oitavo detido, que já estavam assinados os papéis e que não haveria processo nem se formulariam acusações contra ele", disse Miliband.

O ministro assegurou, no entanto, que contiuará lutando para que se ponha em liberdade o último detido, que foi objeto de acusações "totalmente infundadas", segundo Miliband.

Trata-se do chefe da seção de análise política da embaixada, o iraniano Hoszein Rassam, que, segundo seu advogado, foi acusado de atentar contra a segurança nacional da República Islâmica. EFE jr/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG