Irã detém dois ativistas, diz site ligado à oposição

Teerã, 3 mar (EFE).- Agentes iranianos detiveram o ativista estudantil pró-direitos humanos Navid Khanjani e a defensora dos direitos da mulher Mahbubeh Karami, informou hoje o site Jaras, ligado ao líder opositor Mir Hussein Moussavi.

EFE |

Segundo a fonte, soldados das forças de segurança foram ontem à noite até a casa de Janvani e o levaram para um local desconhecido após revistarem sua residência e apreenderem objetos pessoais, como seu computador.

Janvani é o sétimo membro do comitê de investigação de direitos humanos detido desde junho passado, quando estouraram os protestos populares contra a reeleição do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, considerada fraudulenta pela oposição.

O "Jaras" informou também sobre a detenção ontem à noite de Mahbubeh Karami, integrante da campanha de um milhão de assinaturas que trabalha pela igualdade dos direitos da mulher.

Segundo a fonte, assim como no caso de Janvani, a casa de Karami foi revistada e alguns de seus pertences foram apreendidos.

Esta é a quinta vez em que Karami é detida desde junho, explicou ao "Jaras" seu advogado Hushang Purbabai. EFE msh-jm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG