guerra informática dos EUA - Mundo - iG" /

Irã detém 30 por promover guerra informática dos EUA

Teerã, 13 mar (EFE).- O Tribunal Revolucionário Geral de Teerã informou hoje sobre a detenção de 30 pessoas acusadas de serem membros de uma rede dedicada à guerra informática organizada pelos Estados Unidos contra o Irã.

EFE |

Segundo a agência de notícias local "Fars", que cita o escritório de relações públicas do tribunal, "a detenção dessas pessoas foi conseguida graças a uma série de operações de segurança".

"A realização de uma série de operações de segurança deu lugar à identificação de redes de guerra cibernética organizadas pelos EUA e promovidas por grupos antirrevolucionários", diz o comunicado do tribunal.

Na nota, o tribunal acusou o Congresso dos EUA de ter destinado em 2006 um orçamento de US$ 400 milhões para iniciar o plano de desestabilização no Irã, criado pela CIA (agência de inteligência americana) por ordem do então presidente, George W. Bush.

"Se tratava de uma nova forma de guerra informática na qual se usou grupos contra-revolucionários como os Mujahedins", acrescenta o comunicado.

A nota indicou que, nesse contexto, foi criada uma rede que, entre as atividades, se destacava o roubo dos dados e a luta contra o vazamento de informação na internet. EFE msh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG