Irã desmente divergências internas em questão nuclear

Teerã, 5 abr (EFE).- O porta-voz do Governo do Irã, Gholam Hossein Elham, desmentiu hoje que existam divergências entre membros do Executivo com relação à questão nuclear e às negociações internacionais sobre o assunto.

EFE |

Segundo a agência oficial de notícias iraniana, a "Irna", Elham fez a declaração durante sua primeira entrevista coletiva no novo ano persa, que começou em 20 de março.

"Existe unidade e integração completa entre os membros (do Executivo) e toda a República Islâmica do Irã, especialmente no campo da política externa", disse Elham.

O porta-voz também afirmou que o Ministério de Assuntos Exteriores executa as políticas determinadas pelo Governo e classificou como "rumores" as informações sobre divergências entre o Executivo e a chancelaria.

Ele ainda disse que "a República Islâmica do Irã sempre anunciou que tem aberta a porta do diálogo e do entendimento com todos os países do mundo, ocidentais ou não ocidentais".

Segundo o porta-voz, seu país se recusa apenas a negociar com "o regime sionista" - em referência a Israel - e está disposto a negociar com o resto dos países "sobre as questões bilaterais e internacionais de interesse comum".

Com relação aos incentivos do Ocidente para que o Irã suspenda o enriquecimento de urânio, Elham disse que seu país não esta disposto a trocar seu direito por ofertas de que não necessita.

Elham afirmou ainda que o Irã atua dentro das normas da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e não tem a intenção de suspender sua atividade até gerar 20 mil megawatts de energia por meio de sua atividade nuclear. EFE msh/rr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG