Irã desarticula grupo de narcotráfico

Teerã, 20 abr (EFE).- As forças de segurança iranianas mataram quatro grandes narcotraficantes e desarticularam uma rede de traficantes de entorpecentes em uma longa operação lançada perto da fronteira com o Afeganistão, na qual dois agentes também morreram.

EFE |

O confronto aconteceu na província de Fars e, segundo fontes da Polícia local, durou 360 horas.

Durante a operação, foram detidas 15 pessoas pertencentes ao grupo, formado em 2004 e dedicado ao tráfico de narcóticos em grande escala através da instável fronteira com o Paquistão e o Afeganistão.

De acordo com a Polícia, a operação começou há duas semanas, depois que uma família da área denunciou o sequestro de um homem pelo qual o grupo pediu um resgate de US$ 900 mil.

O corpo do sequestrado foi encontrado ao final da operação.

A longa fronteira leste do Irã, vizinha ao Afeganistão e ao Paquistão, é considerada uma das mais perigosas do mundo Ao longo dela, atuam contrabandistas de armas, narcotraficantes e grupos radicais islâmicos sunitas vinculados à rede terrorista Al Qaeda e ao movimento Talibã.

O Afeganistão é considerado o maior produtor e exportador de opiáceos do mundo. EFE jm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG