Irã defende direito de manter relações ativas com a América Latina

O Irã defendeu nesta segunda-feira o direito de manter relações ativas com a América Latina, depois que a secretária de Estado Hillary Clinton se declarou preocupada com a crescente influência de Teerã na região.

AFP |

"Temos relações ativas com os países latinoamericanos no âmbito cultural, econômico e político", declarou Hasan Ghashghavi, porta-voz do ministério das Relações Exteriores.

Ele destacou que Teerã tem o direito de manter este tipo de vínculos com a região.

Na sexta-feira, Hillary manifestou preocupação com espaço que Irã e China ganharam na América Latina durante os oito anos de governo do presidente republicano George W. Bush (2001-2009).

O presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad, vai visitar a América Latina nos próximos dias. O embaixador do país no Brasil, Mohsen Shaterzadeh, anunciou que o Ahmadinejad desembarcará na quarta-feira em Brasília para uma visita que inclui um encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ahmadinejad estará acompanhado de 110 representantes de 65 empresas de praticamente todos os setores da economia iraniana, segundo o diplomata.

aet-fpn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG