Irã convoca eleições parlamentares para 2 de março de 2012

Pleito será o primeiro desde a reeleição de Ahmadinejad, em 2009, que foi sucedida por manifestações reprimidas com violência

EFE |

As eleições ao Parlamento iraniano, atualmente dominado pelos conservadores, serão realizadas no dia 2 de março de 2012, anunciou neste domingo o ministro do Interior, Mostafa Mohammad Najjar. Este será o primeiro processo eleitoral do país desde a polêmica reeleição em 2009 do ultraconservador presidente Mahmoud Ahmadinejad, que a oposição reformista chamou de fraudulenta. 

Após anunciarem os resultados, centenas de milhares de pessoas iniciaram uma série de manifestações por todo o país, que foram reprimidas com extremada violência.

Dezenas de pessoas morreram na repressão e milhares foram detidas, entre elas integrantes do alto escalão do governo reformista, líderes estudantis, artistas, jornalistas, advogados e defensores dos direitos humanos. As próximas eleições servirão de termômetro para avaliar a força do regime iraniano, cuja cúpula está dividida desde os pleitos presidenciais.

    Leia tudo sobre: IRÃGOVERNO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG