O grupo republicano norte-irlandês dissidente IRA Continuidade reivindicou o assassinato de um policial no Ulster, o segundo atentado na província em 48 horas, anunciou a agência britânica Press Association.

"Enquanto os britânicos estiverem na Irlanda, os ataques continuarão", advertiu o IRA Continuidade em uma mensagem codificada na qual reivindica o assassinato do policial na noite de segunda-feira.

A morte do policial, com um tiro na cabeça, aconteceu dois dias depois de um ataque do IRA Autêntico, outra dissidência do IRA contrária ao processo de paz, contra um quartel britânico a 25 km de Belfast que matou dois soldados.

em-mt/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.