Genebra, 22 abr (EFE).- O Irã considerou hoje irresponsáveis as críticas do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, ao discurso do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, na conferência das Nações Unidas sobre o Racismo, na qual acusou Israel de ser um país racista.

"O Irã protesta fortemente perante a irresponsável e injustificada declaração do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e da alta comissária de Direitos Humanos em relação às afirmações do presidente", disse o representante iraniano na conferência.

Ban e a alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, criticaram duramente as palavras de Ahmadinejad e o acusaram de querer "dividir e incitar". EFE mh/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.