Irã considera EUA responsáveis por qualquer ataque de Israel

O presidente do Parlamento iraniano, Ali Larijani, afirmou nesta segunda-feira que o Irã considerará os Estados Unidos responsáveis por qualquer ataque de Israel contra seu território, e qualificou de dolorosa a resposta iraniana a uma eventual ação do Estado hebreu.

AFP |

"Consideramos os americanos responsáveis por qualquer aventura da entidade sionista (Israel). Ninguém no mundo pode conceber a realização de uma operação sem o aval dos Estados Unidos", disse Larijani sobre as declarações do vice-presidente Joe Biden.

Biden afirmou na noite de domingo que os Estados Unidos não ditarão a conduta de Israel sobre as ambições nucleares iranianas.

"Saibam que a resposta iraniana será decisiva e dolorosa", destacou Larijani em entrevista coletiva, ao final de uma visita oficial a Doha.

"Ao dizer que os EUA não podem prevenir uma operação deste tipo, Biden pegou um mau caminho e mostrou suas cartas", disse Larijani.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não descarta a possibilidade de um ataque militar contra o Irã, insistindo que não permitirá a Teerã possuir uma arma atômica.

Israel, a única potência nuclear (não declarada) da região, compartilha a suspeita dos países ocidentais de que o Irã pretende montar um arsenal nuclear, algo que Teerã rejeita, afirmando que seu programa é exclusivamente civil.

Sobre a proposta de diálogo lançada pela administração americana, Larijani disse que o Irã quer "trabalhar seriamente (...) mas eles nos dizem, 'queremos resolver os problemas e negociar', enquanto escutamos Biden falar estas coisas....

O presidente americano, Barack Obama, já assinalou seu desejo de obter progressos, até o final do ano, em sua política de abertura em relação ao Irã.

tp/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG