Irã confirma morte de oito pessoas após protestos

TEERÃ - O Conselho Superior de Segurança Nacional do Irã confirmou nesta segunda-feira que oito pessoas perderam a vida no domingo durante os enfrentamentos entre as forças de segurança e membros da oposição, informou a televisão estatal.

EFE |

A fonte não detalhou, no entanto, a identidade dos mortos nem em que circunstâncias essas pessoas perderam a vida.

AFP
Manifestante durante conflito no Irã


O site "Nasimfarda", administrado pela oposição, denunciou ainda no domingo que quatro pessoas tinham morrido nos distúrbios em Teerã, enquanto o portal "Jaras", também aliado aos opositores, informou que outras quatro tinham perdido a vida na cidade de Tabriz.

A Polícia de Teerã confirmou horas depois a morte de cinco pessoas, entre elas a de Ali Mousavi, sobrinho do líder opositor, Mir Hussein Mousavi.

O Irã esta imerso em uma profunda crise política e social desde que o presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, foi reeleito em junho passado, em uma polêmica eleição que a oposição considera "fraudulenta".

Neste domingo, milhares de pessoas voltaram a sair às ruas em uma jornada sangrenta que colocou o regime em uma difícil situação.

Leia mais sobre: Irã

    Leia tudo sobre: irãmortos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG